2869916

 

Considerando o Decreto Estadual nº 65.596, de 26 de março de 2021, que estende a medida de quarentena de que trata o Decreto nº 64.881, de 22 de março de 2021, a vigência das medidas emergenciais instituídas pelo Decreto Estadual nº 65.563, de 11 de março de 2021, e dá outras providências correlatas, a Câmara tomou novas medidas de prevenção e enfrentamento ao contágio pelo coronavírus relativas ao Poder Legislativo. 

Entre as medidas estão a suspensão do atendimento presencial nas dependências da Cãmara;

O atendimento ao público será realizado pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;

Os protocolos do Poder Executivo serão comunicados ao Presidente que adotará as medidas necessárias para efetivar o protocolo dentro da maior brevidade possível;

Ficam proibidas todas as autorizações de viagens de servidores e vereadores, salvo aquelas que são pontuais para o bom andamento dos serviços administrativos da Casa e/ou compromissos oficiais que sejam de caráter de urgência, que deverão ser autorizadas pelo Presidente da Câmara;

Ficam proibidas as autorizações de uso das dependências da Câmara e do Plenário para quaisquer eventos e reuniões;

Os servidores permanecerão, no horário de expediente, à disposição da Presidência, da Mesa e dos Vereadores pelos e-mails institucionais, telefone e quaisquer outros aplicativos de comunicação;

O servidor ou o Vereador que apresentar qualquer sintoma relacionado ao COVID-19, deverá notificar a responsável pelo departamento de recursos humanos da Câmara Municipal de Bofete através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e permanecer em isolamento, sob pena de responsabilidade;

Ficam suspensas as sessões ordinárias da Câmara Municipal de Bofete; entre outras medidas.

A Portaria nº 09 tem seus efeitos estendidos até 11 de abril de 2021.

 

Para acessar a Portaria na íntegra, clique no link abaixo:

Portaria nº 10/2021

 

 

 

 

 

materia edital ibge

 

O IBGE publicou editais para contratar temporariamente 204.307 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. Há vagas em quase todos os municípios do país nos dois processos seletivos, para Agentes Censitários Municipais (ACM)/Agentes Censitários Supervisores (ACS) e para Recenseadores (REC).

As inscrições serão via internet, pelo site da organizadora do Processo Seletivo, o Cebraspe (https://www.cebraspe.org.br/concursos/em-andamento/).  Para ACM e ACS os interessados podem se cadastrar até 15/03. Já para recenseador, as inscrições serão realizadas até o dia 19/03. Para concorrer à função de recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição (R$ 39,49 para ACM e ACS, e R$ 25,77 para recenseador) poderá ser paga pela internet ou fisicamente em qualquer banco ou casa lotérica.

 

Resumo
 
 
● As oportunidades são para quase todos os municípios do país. Para os 09 municípios que compõem a Área de Botucatu/SP, há 275 vagas (241 para Recenseador, 24 para Agente Censitário Supervisor e 10 para Agente Censitário Municipal).
 
● Inscrições para ACM e ACS vão de 19 de fevereiro a 15 de março, e para recenseador, de 23 de fevereiro a 19 de março, no site do Cebraspe.
 
● Para concorrer a recenseador, candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído.
 
● Remuneração é de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. Recenseador recebe por produtividade.
 
● Taxa de inscrição para as funções de ACM e ACS é de R$ 39,49 e para a de recenseador, de R$ 25,77. As taxas poderão ser pagas pela internet ou em qualquer banco.
 
● Provas objetivas serão aplicadas presencialmente em 18 de abril para ACM e ACS, e no dia 25 de abril para recenseadores, seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid-19.
 
● Resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio.
 

Para o município de Bofete há 14 vagas, sendo:

01 Vaga para Agente Censitário Municipal;

01 Vaga para Agente Censitário Supervisor;

12 Vagas para Recenseador. 

 

Para mais informações
 
Informações adicionais podem ser obtidas através da leitura dos editais completos dos processos seletivos, disponíveis no site da banca organizadora, Cebraspe (https://www.cebraspe.org.br/concursos/em-andamento/), a qual também pode ser contatada por telefone (0800 536 4885) ou e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Esclarecimentos também podem ser prestados através de contato com a Agência do IBGE responsável pela Área.
 
Agência do IBGE em Botucatu/SP
(14) 98199-8464 (Telefone e WhatsApp)
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (E-mail)

 

posse1

 

A Sessão Solene de Posse ocorreu no último dia 1º de janeiro, às 10:30 horas no Salão Paroquial, onde os Vereadores, Prefeito e Vice-Prefeita eleitos para a 18ª Legislatura, firmaram o compromisso e tomaram posse de seus cargos.

O evento teve presença restrita do público devido às restrições sanitárias por conta da Pandemia do Covid-19. 

Tomaram posse os Vereadores:

- Dalton Cristian Batista (Dalton Carteiro)

- Eugênio Carlos Alves (Carlinhos do Carmo)

- Gláucia Helena Bertoncini

- Henrique Galvão Pinto de Carvalho

- Israel Mariano (Zecão)

- Jandli Brisanti Figueira de Campos (Tula)

- João Aliberti 

- Luis Antonio Ramos (Zebra), e 

- Renato Ferreira

 

posse2b

 

Pelo Poder Executivo, tomaram posse o Prefeito Claudécio José Ebúrneo (Torão) e a Vice-Prefeita Ana Lúcia de Oliveira, que comandarão a Prefeitura Municipal pelo quadriênio 2021-2024.

 

posse3

(Em momento simbólico, o Vereador Luis Antonio Ramos entrega, em nome do Ex-Prefeito Osvaldo Angelo Alves, as chaves da Prefeitura ao Prefeito eleito Claudécio). 

 

 

NOVA MESA DIRETORA É ELEITA 

 

posse5

 

Na mesma sessão, ocorreu a eleição para a composição da nova Mesa Diretora para o biênio 2021-2022. Foram eleitos para compor a Mesa Diretora do próximo biênio, os vereadores:
Presidente: Eugênio Carlos Alves (Carlinhos do Carmo)
Vice-Presidente: Luis Antonio Ramos (Zebra)
1º Secretário: João Aliberti
2ª Secretária: Jandli Brisanti Figueira de Campos (Tula)

 

COMISSÕES PERMANENTES

 

Por decisão do plenário, a eleição para composição das Comissões Permanentes da Câmara para o biênio 2021-2022 será realizada na 1ª Sessão Ordinária de 2021, no dia 1º de fevereiro.

 

eleicoes2020

 

Neste domingo (15) eleitores de Bofete foram às urnas para escolher Vereadores e Prefeito que irão compor o Legislativo e o Executivo Municipal pelos próximos quatro anos. Confira o resultado:

 

PODER EXECUTIVO

resultadoprefeito2020

 

Torão, do PSD, foi eleito prefeito de Bofete para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Torão teve 53,37% dos votos. Foram 3.136 votos no total.

O candidato venceu Osvaldo do Baiano, que ficou em segundo lugar com 46,63% (2.740 votos).

A eleição em Bofete teve 25,5% de abstenção, 2,2% votos brancos e 4,13% votos nulos.

A vice é Ana Lucia, do PV.

Os dois fazem parte da coligação Unidos Somos Mais Fortes, formada pelos partidos REPUBLICANOS, PV e PSD.

 

PODER LEGISLATIVO

 

Está definida a formação da Câmara Municipal de Bofete para o quadriênio 2021-2024. Dos 9 vereadores, 5 são novos em relação à composição atual.

 

CANDIDATO

PARTIDO

SITUAÇÃO

VOTOS

%

Carlinhos do Carmo

DEM

ELEITO

574

9,76%

Henrique Galvão

PSD

ELEITO

400

6,80%

Dalton Carteiro

PV

ELEITO

381

6,48%

Zebra Ramos

PSDB

ELEITO

314

5,34%

Gláucia Bertoncini

PSD

ELEITA

295

5,02%

João Aliberti

PSDB

ELEITO

254

4,32%

Zecão

PSD

ELEITO

226

3,84%

Renato Ferreira

DEM

ELEITO

210

3,57%

Tula

PSDB

ELEITA

208

3,54%

 

 

Fontes: TSE e g1

brasao

No último dia 16 de outubro, a Câmara Municipal de Bofete recebeu do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo [TCE-SP] o processo que trata das contas da Prefeitura relativas ao exercício de 2018.
 

A função do TCE é verificar se as finanças municipais estão em ordem ou apresentam irregularidades. Já a Câmara, uma vez que é a responsável por fiscalizar o Executivo, deve julgar o parecer técnico do Tribunal, levando-o para ser aprovado ou não em plenário.

Toda a tramitação da matéria obedece ao Regimento Interno da Casa, que traz regras sobre o julgamento das contas municipais. 

Acompanhe o trâmite
 

Após o recebimento, o processo segue para a Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade. Os demais vereadores também recebem o parecer para conhecimento. No total, a Casa tem o prazo máximo de 60 dias para apreciar e julgar as contas em plenário.

Enquanto isso, o processo fica à disposição de qualquer contribuinte para exame e apreciação na Secretaria Legislativa ou através do Site Oficial da Casa de Leis.

 

Caso queira baixar o arquivo completo do processo, clique no link abaixo:

Contas Municipais do Poder Executivo - 2018